segunda-feira, 23 de abril de 2012

Aprenda a fazer sexo anal sem dor !!!!



Sexo anal, para quem já conhece tudo bem, mas para que tem aquela curiosidade e ainda não fez então este é um artigo bem interessante, pois vai tentar abordar numa linguagem bem fácil e acessível tudo, de forma bem detalhada tudo o que você, mulher precisa saber para viver um sexo anal, sem medo, sem receios, com todos os devido cuidados. Um artigo bem informativo. Aproveite!
Em primeiríssimo, lugar, a mulher tem que querer, estar a fim de experimentar, estar curiosa, estar com tesão só de ouvir falar,porque isso tudo já ajuda até mesmo a relaxar mentalmente a idéia pavorosa que o sexo anal traz,em relação a dor, que é o que mais assusta as mulheres. Nada de fazer para agradar o parceiro, isso é prejudicial à saúde, pois no sexo, tudo é aprendizado, e respeito um para com o outro.
A primeira vez pode sim ser muito estranha, pois é algo novo, e o novo sempre vem junto com a insegurança e ansiedade. Bom, mas para você, que já praticou sexo anal algumas vezes e não gostou é importante que conte ao parceiro, pois, caso isso não ocorra, ele vai perceber seu desconforto do mesmo jeito e você se frustrará a cada relação.
É muito importante você sabre disso, antes de todas as orientações: A primeira penetração no ânus dói, a segunda dói também, mas já da para sentir mais gostoso, e a terceira vez pode ser só gostoso. Isso tudo irá variar muito da capacidade de relaxamento da pessoa, e das técnicas de penetração do parceiro.
Para o sexo anal, é preciso ter em mãos alguns ingredientes fundamentais, que são: a camisinha, mas não pode sr qualquer uma, e sim, uma bem reforçada, como, a Jontex Ultra, que possui o látex duas vezes mais grosso, e deixa a relação mais segura. Isso porque o canal retal, não possui lubrificação própria, e uma camisinha normal pode se romper mais facilmente, pela dificuldade na entrada do pênis no ânus.
O lubrificante, que deve ser à base de água: É melhor e mais prático método para se ter qualquer tipo de penetração com facilidade. O KY, facilmente encontrado em qualquer farmácia ou, em lojas de produtos para fins sexuais. Há outros produtos desse tipo no mercado, mas só os lubrificantes à base de água são garantidos que não romperão o látex do preservativo. E pode abusar bastante do lubrificante.
As fantasias sexuais devem estar bem presentes na hora do sexo, e no sexo anal, há mulheres que se excitam mais, ao visualizarem seus parceiros com roupas e acessórios. Usem e abusem de usas fantasias, isso também serve para ajudarem a se divertirem e na hora do sexo anal, sem dar muita vazão aos sentimentos de ansiedade, e dor. Agradar e excitar facilita bastante na hora H.
Existem alguns brinquedos, que podem ser comprados em lojas especializadas. Um bom exemplo é aquela corda com várias bolinhas, de tamanhos graduais, que pode ser utilizado como uma preliminar de preparação para a realização do sexo anal, ou até mesmo, como um treinamento, quando estiver sozinha, e ir acostumando o ânus com a entrada dessas bolinhas que já vem graduada, para essa adaptação anal.
Uma boa ducha antes da prática anal é sempre bem vinda e faz parte de uma boa preparação. Pois se constitui em uma lavagem do canal retal. As duas formas mais usuais: Na hora do banho, além de deixar o corpo bem limpo e cheiroso, com a mangueirinha do chuveiro ligado, posicionar o jato no ânus. Também pode ser feito no bidê, da mesma forma.
Nada de fazer sexo anal, quando estiver com problemas de diarréia, isso pode vir a trazer grandes constrangimentos. O ideal é estar com os intestinos limpos, ou seja, estar com suas funções intestinais regulares, e ter evacuado um tanto antes da atividade sexual anal. Muitas mulheres se preocupam no que seus parceiros vão encontrar por lá, e ficam completamente inibidas, até mesmo quando eles tentam colocar os dedos no ânus, é preciso entender, que eles sabem bem onde estão colocando os dedos, e sabem muito bem o que podem encontrar, e isso não deve ser fonte de preocupação, pois isto está muito claro para eles. Aliás, o uso dos dedos serve e muito para uma pré-penetração, pode-se colocar um dedo, e ficar acostumando o ânus com movimentos de vai e vem bem de leve, tira e botar de novo, e tentar colocar dois, mas sem ansiedade, se não der, fique brincando apenas com um dedo, isso não quer dizer nada.

Use e abuse das preliminares. Muitos beijos, e língua. Se quem vai penetrar gostar, e não se importar, alguns beijinhos na área de atuação pode facilitar o relaxamento. É como no sexo oral, e se a parceira, for uma pessoa higiênica, não há nenhum problema, em vista.
A clássica posição “cachorrinho” nem sempre é a melhor para a primeira penetração anal. Mas a posição “cavalgada”, essa sim, se torna mais confortável, pois a mulher pode ir colocando devagar, e ir sentindo a introdução, graduando-a, como desejar, retirando e colocando novamente, isto é, ela comanda nessa hora.
O sexo anal pode sim ser doloroso na primeira vez, mas feito com jeito (e jamais com força, como alguns homens pensam), vontade, carinho, e muito tesão torna-se uma prática prazerosa para as partes envolvidas, e incrementa o repertório sexual do casal.
Desejo que esse artigo tenha ajudado aqueles que têm vontade de experimentar o sexo anal, mas que tinham dúvidas.

Adriana Sommer
Psicologa 



/> tagsaprenda/> tagsafazersexoanal,/> tagssemdor,/> tagsvagina,/> tagsanal,/> tagsvideos,/> tagscomo/> tags,artigos,gozo/> tags,m,ais/> tags.menos/> tags,transar/> tags,bucetas,/> tagscanal,/> tagstratamentos, /> tags
dor,/> tagssexo,/> tagsgostosas,/> tagsdicas,/> tagseroxil,/> tagsviagra,/> tagsvimax,/> tagsaumento,/> tagspeniano,/> tagspramil,/> tagsfeminino,/> tagsacademia,preço.mercadolivre,barato,
brasil,/> tagsimpotencia,/> tagsejaculação,/> tagscom,/> tagselminar,/> tagssibutramina,/> tagsemagrecedor,/> tagsassesoria,/> tagsengenharia,/> tagsmusculação,/> tagsfisiculturismo, /> tags
anabolizantes,/> tagscomocomprar,/> tagsondecomprar,/> tagsquerocomprar,/> tagssera,/> tagsfuncionamesmo,/> tagsfunciona,/> tagsglobo,/> tagssbt,/> tagsrecord,/> tags

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário